Quebrando o hábito de ser você mesmo resumo
| | | |

Resumo de Breaking The Habit of Being Yourself (Quebrando o hábito de ser você mesmo) | Joe Dispenza

Como perder a cabeça e criar uma nova

Quebrando o hábito de ser você mesmo resumo

A vida se agita. Tem Quebrando o hábito de ser você mesmo esteve em sua lista de leitura? Aprenda agora os principais insights deste livro.

Estamos apenas começando Quebrando o hábito de ser você mesmo Resumo. Se você ainda não tem o renomado livro do Dr. Joe Dispenza sobre a Espiritualidade da Nova Era, encomende-o aqui ou obter o audiolivro de graça para aprender os detalhes suculentos.

Sobre Joe Dispenza

Dr. Joe Dispenza é pesquisador, consultor empresarial, autor e conferencista. Suas principais áreas de especialização incluem epigenética, neurociência, neuroplasticidade e coerência cérebro/coração. Através de seu trabalho, o Dr. Dispenza se concentra em equipar as pessoas com as ferramentas para iniciar mudanças em suas vidas. Ele já realizou oficinas em mais de 30 países para ajudar as pessoas a entender o poder da meditação e da consciência coletiva.

A Dra. Dispenza é Bacharel em Ciências e Doutora em Quiroprática. Ele é autor do New York Times e é autor de vários livros de auto-ajuda. Estes incluem Tornando-se sobrenatural, e Você é o Placebo. Ele também realiza sessões semanais ao vivo, retiros e cursos on-line.

Introdução

Os seres humanos são capazes de criar e sustentar mudanças em si mesmos? Ou estamos ligados pelos genes que nossos antepassados transmitem? Quebrando o hábito de ser você mesmo responde a estas perguntas e muito mais. Unindo ciência e espiritualidade, o livro oferece ferramentas únicas para estimular mudanças duradouras no caminho do crescimento e desenvolvimento. 

Através de práticas baseadas em evidências, o livro ensina como se tornar a pessoa que você quer ser. Os seres humanos subconscientemente têm hábitos de autodestruição que os impedem de realizar todo o seu potencial. Para quebrar o hábito de ser você mesmo, mude esses pensamentos e hábitos subconscientes. Com uma melhor compreensão de si mesmo, você pode fazer mudanças para melhorar sua vida.

O livro está dividido em três partes:

  • Primeira Parte - A Ciência da Mudança: A Dra. Dispenza explica a ciência por trás da mudança. Ele discute como nossos pensamentos e emoções afetam nosso corpo e nossas vidas. Ele também explora o poder da mente e como podemos usá-lo para efetuar mudanças.
  • Segunda Parte - A Prática da Mudança: A Dra. Dispenza fornece ferramentas e técnicas práticas para quebrar velhos hábitos e criar novos hábitos. Ele também defende os benefícios de práticas como a meditação, o jornalismo e a visualização.
  • Terceira Parte - A Promessa de Mudança: Após explicar a psicologia e a jornada da mudança, ele discute seus benefícios a longo prazo. Ele fala sobre como a mudança pode levar a mais auto-realização, crescimento e mentalidade renovada. 

As fotos da história abaixo exploram os principais tópicos do Dr. Joe Dispenza'.Quebrando o hábito de ser você mesmo. Junte-se a nós para aprender como conduzir mudanças fundamentais em si mesmo.

"O Dr. Joe Dispenza quer capacitá-lo a deixar de lado as crenças negativas e abraçar as positivas". Este livro inteligente, informativo e prático o ajudará a ser seu melhor e mais livre eu para que, como diz o Dr. Joe, você possa caminhar em direção ao seu próprio destino".

- Judith Orloff, M.D., autora de Emotional Freedom

 

StoryShot #1: Seus Pensamentos Moldam Sua Realidade

Se você já alcançou um objetivo no qual pensava há algum tempo, você conhece o poder da energia mental. 

A evidência científica apóia a idéia de que nossos pensamentos podem afetar nossa realidade física. Muitos experimentos de física quântica mostraram que a observação pode mudar o resultado do experimento. 

O que focalizamos é a expansão. É mais provável que você consiga algo se você se concentrar em um único objetivo. É claro, é importante ser específico sobre seus objetivos.

Portanto, é essencial estarmos conscientes de nossos pensamentos. Se quisermos criar mudanças, devemos primeiro mudar nossos pensamentos. 

 

Visualização

Estudos têm mostrado que as pessoas que muitas vezes visualizam seus objetivos têm mais chances de sucesso do que as que não o fazem. A visualização aumenta tanto sua motivação quanto sua confiança. Trabalhar para um objetivo é mais tangível quando você pode imaginá-lo.

A visualização pode funcionar ativando os poderes do subconsciente. Ela permite colocar seu subconsciente em movimento, pensando no resultado ideal. Seu subconsciente pode então encontrar os meios para realizar esses sonhos mais facilmente.

Pessoas bem sucedidas enterram seus objetivos ou desejos dentro de seu subconsciente. Seu subconsciente trabalhará então para atingir esse objetivo.

StoryShot #2: Ensaio Mental é tão Importante quanto a Prática Física

Ao se preparar para um desafio, é essencial ensaiar porque isso pode ter um impacto mental em seu desempenho. Um bom exemplo é o conceito de pesos. Nosso cérebro cria os mesmos caminhos neurológicos quando nós pense sobre o levantamento de pesos e realmente levantá-los.

O ensaio mental é ideal para a prática de algo desafiador. Ele é especialmente eficaz em situações onde o exercício é impossível. Tais exemplos incluem quando estamos machucados ou quando a atividade física pode não ser prática.

Como usar o Ensaio Mental

A idéia básica é visualizar um evento que você deseja tornar realidade. A repetição disto tornará o evento mais provável de ocorrer na vida real. A visualização tem aplicações em muitas áreas. Atletas internacionais, músicos, animadores e empresários endossaram seus inúmeros benefícios.

Enfrentando seus medos a partir de um lugar seguro

Os ensaios mentais podem melhorar seus treinos. Também pode ser útil em psicoterapia, ajudando pessoas com distúrbios de ansiedade.

A dessensibilização é um conceito psicológico utilizado em técnicas de ensaio mental. É freqüentemente usado para superar medos. Comece expondo-se em pequenas doses aos aspectos menos ameaçadores da situação e trabalhe seu caminho para cima.

Para muitos pacientes de saúde mental, enfrentar seus medos pouco a pouco pode ajudá-los a construir a confiança para encontrá-los na vida real. O ensaio mental é uma faceta essencial do tratamento para estes indivíduos.

StoryShot #3: Suas decisões do dia-a-dia impactam sua genética e propensão para a mudança 

Os cientistas anteriormente assumidos pelos genes determinam sua saúde e bem-estar. No início dos anos 1900, um novo campo chamado 'epigenética' surgiu para desafiar esta idéia.

Epigenética

A epigenética é o estudo de como os elementos ambientais podem afetar os genes. As descobertas científicas descobriram que a genética por si só não dita seu destino. Seu ambiente tem um impacto significativo sobre se seus genes são expressos ou silenciados.

Você é o que você come

De acordo com as pesquisas, nossos genes estão em constante mudança em resposta a nossas escolhas ambientais e de estilo de vida.

Estudos mostram que dormir o suficiente, comer uma dieta saudável e levar um estilo de vida ativo pode melhorar seus genes a longo prazo. Um estilo de vida insalubre pode levar a danos genéticos.

Nossas escolhas de estilo de vida também podem afetar o humor, a suscetibilidade a doenças, a energia, os ciclos do sono e outros fatores. Tenha cuidado com suas escolhas e certifique-se de que elas não sejam prejudiciais ao seu corpo - não importa quão pequenas sejam.

StoryShot #4: A Mudança Começa na Mente e o Corpo Realiza-a

Não é surpreendente que a mente e o corpo estejam intimamente ligados. Mas só recentemente a ciência revelou as interações por trás disso.

Pesquisas demonstraram que alguém de bom humor tem menos probabilidade de sentir dor quando exposto a estímulos potencialmente dolorosos. Da mesma forma, as expectativas podem afetar o limiar de dor de uma pessoa. Se alguém espera estar com dor, é mais provável que experimente. Mesmo fatores como a presença de outras pessoas podem afetar a quantidade de dor que alguém sente.

A mente é uma parte vital de como experimentamos a dor. Ao entender e se preparar para o que está acontecendo, podemos controlar melhor nossa percepção da dor.

StoryShot #5: O estresse crônico é uma barreira para sustentar a mudança

O estresse é severamente prejudicial à saúde física. Quando estamos estressados, nossos corpos entram em um estado de luta ou de vôo. Este estado é problemático quando sustentado porque se destina a ser ativado somente em situações perigosas.

Algumas pessoas são mais sensíveis ao estresse do que outras, mas seus efeitos podem ser prejudiciais para muitos. Considere como você lida com níveis de estresse excessivos. Como o estresse afeta significativamente seu estado mental, ele pode dificultar o ajuste de sua mentalidade. Isto reduz sua capacidade de mudança e crescimento.

StoryShot #6: Podemos melhorar a capacidade de mudança de nosso cérebro

Pesquisas recentes mostraram que o cérebro é muito mais flexível do que os cientistas inicialmente pensavam. Nossos cérebros podem mudar e se tornar mais receptivos a coisas novas.

O cérebro humano é uma coisa fantástica. A maioria das pessoas não percebe que pode ativar o poder da reinvenção. Não é tarde demais para investir em sua educação, aprender uma nova habilidadeou mudar sua vida.

A capacidade do cérebro de se adaptar a estímulos externos em mudança é chamada de 'neuroplasticidade'. A neuroplasticidade sugere que nossas mentes podem mudar dependendo dos pensamentos, das emoções e do ambiente.

Ao aproveitar a plasticidade do cérebro, você pode quebrar velhos hábitos e criar um novo padrão positivo. Se você se sentir preso, lembre-se de que sua vida não é estática e que você é o mestre de seu destino. A maneira de mudar a si mesmo começa com seus pensamentos.

StoryShot #7: Meditação Desbloqueia Barreiras Internas à Mudança e "Let Go"

Para construir uma nova vida, é preciso primeiro abandonar a antiga. 

Parar e reconhecer o impacto de se agarrar às emoções negativas. Experimentar sentimentos negativos por longos períodos pode nos fazer agir sem entender o porquê. Quando essas emoções se enraízam em nossas vidas, elas podem ditar o que fazemos.

A Dra. Dispenza oferece uma técnica de meditação para ajudá-lo a observar e a tornar-se mais consciente de seus pensamentos. 

Assim como as sensações agradáveis e desagradáveis, você descobre que seus pensamentos agradáveis e desagradáveis vêm e vão. A meditação é sobre permanecer de pé e em controle através de todas essas ondas. 

Sua técnica de meditação concentra-se na idéia de que existem sete dimensões de consciência, e só podemos experimentar três de cada vez. Isso nos ajuda a perceber essas outras dimensões e a explorá-las. Esta técnica difere das outras, pois não requer que a pessoa tenha quaisquer crenças específicas ou práticas espirituais.

O primeiro passo nesta técnica de meditação é concentrar-se em sua respiração. Esta respiração o leva à sua consciência tridimensional. O segundo passo é passar conscientemente para a quarta dimensão, concentrando-se em seus pensamentos e sensações. É importante continuar focando em sua respiração enquanto isto acontece. O terceiro passo é avançar para a quinta dimensão, concentrando-se nas emoções e nos sentimentos enquanto ainda se concentra na respiração. Você entra na sexta dimensão ao sentir todas as sensações a partir de dentro de si mesmo. Finalmente, você passa para a sétima dimensão ao sentir todas as sensações de fora.

StoryShot #8: O preenchimento ocorre através do autocrescimento, mais do que de itens ou experiências materiais

Os psicólogos dizem que as pessoas podem retornar rapidamente à felicidade inicial após um evento positivo ou negativo. Mesmo um evento alegre proporciona apenas alegria temporária antes que as emoções "normais" retornem.

O problema com isso é que nos acostumamos a procurar coisas que podem nos fazer felizes em vez de nos concentrarmos nas coisas que fazem. As pessoas perseguem constantemente novas experiências e posses, mas estas não as tornam mais felizes.

Não conseguimos encontrar um propósito em nada ou em ninguém na realidade. É sempre fugaz e temporário. É melhor aprendermos a apreciar os bons momentos e a recuperar quando os tempos são difíceis.

É essencial aceitar as coisas que não podemos controlar. Uma vez que o fazemos, o foco em encontrar a felicidade dentro de nós mesmos se torna mais fácil.

Resumo Final e Revisão da Quebra do Hábito de Ser Você Mesmo

Quebrando o hábito de ser você mesmo visa ajudar os leitores a compreender quem eles são e como podem mudar suas vidas. Como seres humanos, somos criaturas de hábitos. Fazemos as coisas da mesma maneira, mesmo que elas não nos sirvam. Isto porque nos sentimos confortáveis com o que nos é familiar.

A mudança pode ser intimidante, mas também é essencial para o crescimento. Para mudar nossas vidas, precisamos primeiro mudar a nós mesmos. Em seu livro, o Dr. Dispenza explora o poder da mente e como podemos usá-lo para criar uma mudança duradoura em nossas vidas. Ele também fornece aos leitores ferramentas e técnicas para quebrar padrões antigos e criar padrões positivos que estimulam o crescimento.

Você tem o poder de mudar sua vida. Tudo começa com seus pensamentos. Vamos rever os principais insights do livro novamente. Marque-nos nas mídias sociais e nos deixe saber o que você pensa sobre elas.

#1: Seus Pensamentos Moldam Sua Realidade

O primeiro passo para mudar sua vida é entender que seus pensamentos criam sua realidade. Se você quer mudar sua vida, você deve mudar seus pensamentos.

#2: Ensaio Mental é tão Importante quanto a Prática Física

Você pode usar o poder de sua mente para mudar seu cérebro e seu corpo. Através de um ensaio mental, você pode programar sua mente para o sucesso.

#3: Suas decisões do dia-a-dia impactam sua genética e propensão para a mudança

Seus genes não são seu destino. Você tem o poder de mudar genes específicos com seus pensamentos e ações.

#4: A Mudança Começa na Mente e o Corpo Realiza-a

O cérebro pode mudar a estrutura e a função do corpo. A conexão mente-corpo é genuína.

#5: O estresse crônico é uma barreira para sustentar a mudança

O estresse crônico pode levar a vários problemas de saúde. É essencial encontrar maneiras de relaxar e desestressar.

#6: Nós podemos melhorar a capacidade de mudança de nosso cérebro

O cérebro é capaz de mudar. Podemos melhorar a capacidade de nosso cérebro de mudar, meditando e praticando a prudência.

#7: Meditação Desbloqueia Barreiras Internas à Mudança e "Let Go".

A meditação nos ajuda a nos tornarmos mais conscientes de nossos pensamentos e emoções. Quando aprendemos a observar nossos pensamentos e emoções sem julgamento, podemos começar a compreendê-los e vê-los como ondas que vêm e vão.

#8: O preenchimento ocorre através do autocrescimento e não de itens ou experiências materiais

Nenhum evento ou objeto no mundo pode proporcionar satisfação permanente. É inútil perseguir objetivos impossíveis. É melhor ajustar nossas expectativas e aceitar coisas que não podemos controlar.

Classificação

Com base nisso Quebrando o hábito de ser você mesmo resumo, avaliamos o livro de Joe Dispenza em 4,2/5.

Nossa pontuação

Nota do editor

Isto foi publicado pela primeira vez em maio de 2022. Foi atualizado e totalmente revisado em 31 de dezembro de 2022.

PDF, Audiolivro gratuito, Infográfico e Livro Animado Resumo de Quebrando o hábito de ser você mesmo

Essa foi a ponta do iceberg de Quebrando o hábito de ser você mesmo. Para se aprofundar nos detalhes e apoiar o Dr. Joe Dispenza, encomende o livro aqui ou obter o audiolivro de graça.

Você gostou das lições que aprendeu aqui? Compartilhe para mostrar que você se importa e nos etiquete nas mídias sociais.

Novo em StoryShots? Obtenha o PDF, áudio gratuito e versões animadas deste resumo e revisão de Quebrando o hábito de ser você mesmo e centenas de outros livros de não-ficção mais vendidos em nosso aplicativo gratuito de alto escalão. Tem sido apresentado pela Apple, The Guardian, The UN, e Google como um dos melhores aplicativos de leitura e aprendizagem do mundo.

Resumos de livros relacionados

Joe Dispenza Quebrando o hábito de ser você mesmo resumo PDF
  • Salvar

Publicações semelhantes